Por Pe. Paulo Ricardo

É lícito fazer correntes de oração?

Algumas “correntes de oração” são inspiradas em uma mentalidade pagã, na qual a vontade humana detém a prioridade absoluta. Jesus, ao contrário, ensina que a oração é feita não para mudar a vontade de Deus, mas a nossa.

   

Notícias

Professor de português de JPII recorda cotidiano com o Papa

24/04/2014 11:06
Dom Fernando Guimarães foi professor de português de João Paulo II; a partir da...

CBJP realizará Seminário Memória e Compromisso, em São Paulo

24/04/2014 08:39
A Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP), organismo da Conferência Nacional...

Jornalista do Vaticano avalia legado de JPII para comunicação

23/04/2014 16:48
Jornalista da Rádio Vaticano acompanhou de perto o pontificado de João Paulo II...

Participação de Bento XVI é aguardada na canonização

23/04/2014 16:43
De acordo com informações ainda não confirmadas pela Sala de Imprensa da Santa...

Será que os outros me impedem de ser feliz?

23/04/2014 16:39
Às vezes, não sabemos amar direito. Há alguns dias, ouvi uma dolorosa frase de...

Festa de Santo Expedito

23/04/2014 09:44
Festa de Santo Expedito na Paróquia Santíssima Trindade, no Valentina...

Vaticano lança livro com homilias do Papa na Casa Santa Marta

23/04/2014 09:33
As homilias do Papa Francisco estarão reunidas em um livro. A obra “La veritá è...

Marco Roncalli: João XXIII é santo porque abandonou-se à vontade de Deus

23/04/2014 09:30
“João XXIII, mediante o abandono cotidiano à vontade de Deus, viveu uma...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>